Campeonato Nacional Pares IMP’s

Vai decorrer no Porto a final nacional da prova em referência e para a qual estão apurados os 9 primeiros classificados do Campeonato Regional da ARBL, conforme grelha abaixo. Solicitamos aos pares apurados a confirmação da sua participação, bem como aos restantes pares participantes na fase final da prova regional, para efeito de eventuais suplências.

1Francisco Costa-Cabral – Jorge M. SantosSIM
2João Paulo R. Pinto – Acácio FigueiredoSIM
3José Dias – Jorge Castanheira
4Paulo Dias – Francisco P. Gonçalves
5Rita Arraiano – José Nuno MoraesSIM
6Ana M. Pereira – Paulo G. Pereira
7Fátima Alves – Pedro SalgueiroSIM
8 Sofia Pessoa – João Paes Carvalho SIM
9Matilde Vala – Vítor LopesSIM
SUPLENTES
10Inês Cunha – Miguel Ramos
11Bruna Vicente – Nuno Santos
12 Paulo Braula Reis – José Egreja

Pares Mistos

Sofia Pessoa e João Paes Carvalho sagraram-se campeões de Pares Mistos da ARBL. Eduarda Reis – Alberto Nobre e Teresa Ramalho – Jorge Monteiro Santos terminaram na segunda e terceira posição, respectivamente.

APURAMENTO FINAL

Equipas Mistas

Dado o número de equipas inscritas inviabilizar o formato definido para a prova, foi decidido em reunião de capitães o seguinte:

1- Dividir as equipas em 3 séries de 6, com um bye, por sorteio, na série B.

2 – A final será disputada em KO – quartos-de-final; meias-finais e final, todos com 2 segmentos de 24 mãos. São apuradas as 2 primeiras classificadas de cada série e as 2 melhores 3ª classificadas.

3 – O cálculo das 2 melhores equipas 3ª classificadas de cada série far-se-à pela média alcançada dos encontros entre os 4 primeiros classificados em cada série.

5 – As equipas que não classificadas para a fase de KO continuam em prova para escalonamento na classificação, em formato a definir em função do número de participantes.

4 – As equipas eliminadas no KO jogarão entre si para escalonamento final na classificação.

6 –

6 – As séries foram constituídas por método de serpentina em função do IV, conforme descrito no RTP. A série de bye foi decidida por sorteio (série B)

SÉRIE ASÉRIE BSÉRIE C
CBB – Sofia PessoaST – M João Lara B4F – Jorge Cruzeiro
AVGP – P G PereiraST- Mariana LeitãoB4F – Luis A Teixeira
Planeta – Ada louroCBE – I AraújoB4F – Vitor Lopes
CNG – Adolfo SteigerCPB-V FerreiraPlaneta – Lourdes Centeno
CBE – H FerreiraST – Nuno BaltazarPlaneta – F Silva Miguel
UFCE – R RodriguesbyePlaneta – Antónia Maximiano

7 – Os IV’s das equipas que deram origem ao ordenamento anterior são:

Equipa #17 : Sofia Pessoa355
Equipa #15 : ST – Maria João Lara355
Equipa #3 : B4F – Jorge Cruzeiro340
Equipa #13 : B4F – Luis A Teixeira330
Equipa #4 : Sem Trunfo – Mariana Leitão315
Equipa #16 : AVGP – Paulo G Pereira315
Equipa #6 : Planeta Bridge – Ada louro270
Equipa #8 : CBE – Inocêncio Araújo252
Equipa #14 : B4F – São Pinto Costa235
Equipa #2 : Planeta Bridge – Lourdes Centeno230
Equipa #1 : NB-CPB-Victor Ferreira220
Equipa #7 : CNG – Adolfo Steiger210
Equipa #10 : CBE – Herculano Ferreira201
Equipa #9 : ST – Nuno Baltazar195
Equipa #5 : Planeta Bridge – Fernando Silva Miguel186
Equipa #11 : Planeta – Antónia Maximiano186
quipa #12 : UFCE176

Taça Portugal

Resultados das Jornadas 1 a 4

Sorteio da 4 ª jornada

Próxima jornada

Para completar a 4ª jornada falta ainda disputar um encontro, o que ocorrerá em Outubro. Dado ter a ARBL 4 vagas asseguradas para a final nacional e sendo expectável que lhe venham a ser atribuídas suplências, não está agendada mais nenhuma jornada pelo que, em princípio, as 5 equipas ainda em prova estarão apuradas.

Parabéns António Palma

António Palma sagrou-se campeão sul-americano de pares e equipas, adicionando mais um resultado de grande destaque ao seu já rico palmarés internacional.

A ARBL saúda o nosso praticante, com a certeza que esta é apenas mais uma etapa dos muitos sucessos que estão para vir.

PARABÉNS!

Campeonato Equipas BAM

Realizou-se a I edição do Campeonato de Equipas Board-a-Match, com a participação de 8 equipas, muito aquém das expectativas, o que nos levará a tirar as devidas consequências na preparação da próxima época.

A prova ficou ainda lamentavelmente marcada por um incidente na última ronda que será objecto de relatório para análise dos órgãos competentes.

Para a história ficam os resultados.

Taça Portugal

Resultados da Jornada 1

Sorteio da 2ª jornada

Equipas com derrota
Pedro Salgueiro   Vitor Ferreira
A Bandeira Neves   Fernando Silva Miguel
Rui Silva Santos   Lena E Santo
bye   Daniel Santos
Equipas sem derrota
Paulo Dias   Francisco Pereira Gonçalves
Rafael Sacramento   Nuno Baltazar
Acácio Figueiredo   Pedro Matias
Vitor Lopes   Paulo G Pereira

Sorteio realizado no dia 20 Maio

Presentes na reunião capitães Nuno Baltazar e Luis Oliveira

Campeonato Equipas Clubes

Os clubes que têm direito a disputar a 1ª divisão são:
Clube Bridge Baleal; Clube Sem Trunfo; Clube B4F; Clube Nacional Ginástica; Associação Viviane Gonçalves Pereira e Clube Bridge Engenheiros.

O alinhamento para a 1ª jornada será:

MESAVISITADOVISITANTE
11
CBE – Pedro Matias
6
CNG – Vitor Lopes
25
CBB – Jorge Cruzeiro
4
B4F – Bé Oliveira
33
AVGP – Paulo G Pereira
2
ST – Mariana Leitão

No que respeita à 2ª divisão, dado o número de equipas inscritas (11) a prova será disputada em round-robin, com 2 encontros de 12 mãos por jornada. O sorteio dos encontros será condicionado, defrontando-se nas primeiras jornadas as equipas representantes dos mesmos clubes. Face ao número de equipas inscritas será necessário encontrar uma data suplementar para completar a prova.

MESAVISITADOVISITANTE
1
1
B4F – Pedro Salgueiro
12
B4F – João P Gomes
22
ST – Francisco C Cabral
11
ST Teresa C Felix
33
Planeta – Paulo Dias
10
Planeta – Lena E Santo
49
CFB – Gonçalo Botelho
4
Planeta – Vitor Carvalho
55
CNG – Adolfo Steiger
8
NBCPB – Luis Correia
66
Bye
7
AVGP

Taça de Portugal

1º JORNADA

EQUIPA VISITADA EQUIPA VISITANTE
Acácio Figueiredo António Bandeira Neves
Francisco Pereira Gonçalves Fernando Silva Miguel
Paulo Gonçalves Pereira Daniel Santos
Rui Silva Santos Rafael Sacramento
Paulo Dias Vitor Ferreira
Vitor Lopes Lena Espírito Santo
Pedro Salgueiro Nuno Baltazar
Bye Pedro Matias

Lembramos que a escolha do dia e do local para a realização dos encontros é da responsabilidade das equipas. Em caso de não acordo, os encontros em falta serão realizados até ao dia que antecede a reunião de capitães para a jornada seguinte e que, em princípio, serão usadas as instalações do CBL para o efeito.

No entanto, como o clube se encontra encerrado normalmente aos domingos, será necessário que os interessados informem com antecedência os responsáveis do CBL a fim de garantir a presença de funcionários no local, caso o número de encontros o justifique. Não sendo possível esta solução deverão os capitães das 2 equipas acordar numa solução alternativa.